PESSOAS QUE ACESSARAM O BLOG:


domingo, 20 de fevereiro de 2011

Informantes mudam de lado e detonam esquemas de policiais

Infiltrados no crime e na segurança pública, os ‘X-9’ foram peças fundamentais na Operação Guilhotina

Desde que a Operação Guilhotina colocou na cadeia 41 pessoas, os informantes caíram em desgraça na polícia do Rio. Explica-se: responsáveis por passar informações privilegiadas do mundo do crime e conhecedores dos bastidores sujos da segurança pública, os ‘X-9’ foram a bola de cristal dos agentes federais para descobrir como policiais abasteciam com armas e drogas traficantes e faziam segurança de contraventores. Além de relatar fatos e casos da banda podre, a investigação ilustra como vivem os informantes, desde a infiltração nas quadrilhas, a convivência com os policiais até os bons ‘salários’, que chegam a R$ 15 mil mensais.

O homem que por anos acompanhou a equipe do inspetor Leonardo da Silva Torres, o Trovão, é um desses bem remunerados informantes. À Polícia Federal (PF), ele contou que, dos R$ 50 mil pagos mensalmente pelo traficante Rogério Rios Mosqueira, o Roupinol, recebia R$ 15 mil do agente Trovão. A fortuna tinha sua justificativa: era graças ao contato do X-9 que o policial sabia todos os passos do criminoso e poderia prendê-lo.

Mas o belo ‘salário’ requeria altas doses de risco. O informante revelou que era ‘escalado’ para se infiltrar nas favelas onde os policiais desejavam ter acesso a dados secretos dos chefes do tráfico. Foi assim na Nova Holanda (Maré), Malvinas (Macaé), Rocinha e São Carlos. E se fosse descoberto antes de estabelecer a ‘parceria’ entre policial e traficante, estaria morto. O relato seguiu semana passada do PF e do Ministério Público (MP) para a Secretaria de Segurança.

Nos depoimentos, o ‘X-9’ detalha que era ele quem pegava o dinheiro das propinas com Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, chefe do tráfico da Rocinha. E, sem qualquer cerimônia, diz que o acerto era feito na casa do bandido, na localidade da Cachopa. Só mudava o endereço em caso de haver intermediário: aí, era num posto de gasolina na Estrada do Itanhangá.

Com livre acesso a agentes que circulavam pela cúpula da Polícia Civil nos últimos anos, outro informante garantiu ao MP detalhes do funcionamento das milícias e da máfia dos caça-níqueis, além da revenda de armas e drogas apreendidas nas ações policiais. Tanto conhecimento é o resultado de 15 anos servindo a um seleto grupo de policiais lotados em delegacias especializadas. E o informante conta que na lista de atividades não fazia apenas a anotação de placas de carros e endereços. Participava de operações, apreendia armas e drogas, efetuava prisões e elaborava até mesmo relatórios e inquéritos policiais.

Em 93, revelações levaram dezenas ao banco dos réus

Nos bastidores das polícias Civil e Militar, um nome foi desenterrado para explicar o furacão provocado pela Operação Guilhotina: Ivan Custódio. A exemplo dos informantes que colaboraram com a Polícia Federal e o Ministério Público, foi ele quem colocou fogo na segurança pública ao detalhar os bastidores da chacina de Vigário Geral, em 1993, quando foram mortos 21 inocentes, e levar ao banco dos réus mais de 50 agentes.

Ivan não revelou apenas os suspeitos da chacina. Descreveu toda a sujeira por trás das operações policiais, as extorsões a traficantes e a revenda de armas e drogas apreendidas a gangues rivais. Nada muito diferente de agora. O antigo ‘X-9’ costumava comparar os informantes a caixa-preta dos aviões, onde ficam armazenados os caminhos tortos percorridos pelos policiais. Só que com um agravante: em caso de acidente (prisão), ele abre a boca e fala. Na época, ele abateu em pleno voo comandantes e praças da PM. Agora, foi a vez de o avião da Polícia Civil derrapar na pista.

15 comentários:

Anônimo disse...

Para mim, não muda nada a decisão da Chefe da Polícia Civil! Eu nunca ficaria adido à Polícia Civil mesmo! Eu prestei concurso para a VALOROSA POLÍCIA MILITAR, não para a Polícia Civil, instituição que eu não confio nem um pouco!! Se eu quisesse trabalhar na PCERJ, teria prestado concurso para lá (com certeza seria aprovado)! Viva a PMERJ, a verdadeira POLÍCIA DO RIO!

Anônimo disse...

O PROBLEMA É QUE TODOS OS PMs SEM EXCEÇÃO QUE VÃO PARA A POLICIA CIVIL, VÃO AFIM DE “SE DAR BEM”, POIS LÁ É MAIS A CULHA E DELEGADO ROUBA JUNTO COM DETETIVE E VICE VERSA. AGORA SÓ FALTA DEVOLVER OS BOMBEIROS QUE TAMBÉM ESTÃO ADIDOS A PC, POIS EU QUERIA SABER PRA QUE BOMBEIRO ADIDO NA POLÍCIA CIVIL, E QUAL SERIA A SUA MISSÃO NAQUELA INSTITUIÇÃO. AQUELE QUE QUER SER DA CIVIL QUE FAÇA PROVA PARA A CIVIL E VÁ DE UMA VEZ PRA LÁ. O QUE NÃO PODE É O PM OU BM FICAREM SENDO USADOS COMO X-9 DE POLÍCIA CIVIL, E NO FINAL DAS CONTAS COMEM O BOI COM CHIFRE E TUDO E OS PMs É QUE SAEM NAS GRAVAÇÕES DA PF PARTICIPANDO EM DIVERSOS CRIMES. BEM FEITO!

Anônimo disse...

Apagar o fogo,hahahahahahahaha.

Anônimo disse...

A POLÍCIA CIVIL É UMA BAGUNÇA!

Anônimo disse...

O PRÓPRIO PESSOAL DA PCERJ TRABALHA FORA DE SUAS FUNÇÕES, ESTÁ TUDO ERRADO... ELES NÃO TÊM CONTROLE NENHUM!

Anônimo disse...

PEC 300 - CAMINHADA EM COPACABANA NO DIA 27 FEV 2011

HORÁRIO: 10:00 HORAS

LOCAL DE CONCENTRAÇÃO: POSTO 6 (SEIS)

http://3.bp.blogspot.com/-q2Rn16YhUfY/TWUjgy_kD1I/AAAAAAAAJvs/gtQJELukCR0/s1600/convite.jpg

CONVITE

Os Bombeiros e os Policiais Militares convidam a população e a mídia do Rio de Janeiro para a grande caminhada da PEC 300, na luta por uma segurança pública de qualidade, desenvolvida por profissionais dignamente valorizados.

Anônimo disse...

O BOMBEIRO E O POLICIAL MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEVEM RECEBER UM SOLDO IGUAL OU ACIMA DO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE, POIS ESTE É UM DIREITO LÍQUIDO E CERTO CABALMENTE COMPROVADO (CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, INCISO I DO ARTIGO 92)!

Anônimo disse...

http://www.diariobombeiromilitar.com.br/2011/02/constituicao-do-estado-do-rio-de.html

Anônimo disse...

A HORA É DE VALORIZAR A POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO!

SARGENTOS, CABOS E SOLDADOS DA PMERJ CONTINUAM RECEBENDO SOLDOS ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE, O QUE CARACTERIZA UMA OFENSA A UM DIREITO LÍQUIDO E CERTO CABALMENTE COMPROVADO (CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DE 1989, INCISO I DO ARTIGO 92).

DE ACORDO COM A LEI, O BOMBEIRO E O POLICIAL MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEVEM RECEBER UM SOLDO IGUAL OU ACIMA DO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE.

A ilegalidade ocorre quando haja qualquer tipo de ofensa à lei, podendo o vício dizer respeito à competência, à forma, ao objeto, ao motivo ou à finalidade.

Carta Magna

O soldo inferior ao salário mínimo desrespeita, também, a Constituição Federal de 1988 (Inciso VII do Artigo 7º). OS MILITARES ESTADUAIS PRECISAM SER RESPEITADOS!

Anônimo disse...

A HORA É DE APOIAR A PEC 300 - CAMINHADA EM COPACABANA NO DIA 27 FEV 2011 - DOMINGO ÀS 10:00 HORAS NO POSTO 6 (SEIS).

Os Bombeiros e os Policiais Militares convidam a população e a mídia do Rio de Janeiro para a grande caminhada da PEC 300, na luta por uma segurança pública de qualidade, desenvolvida por profissionais dignamente valorizados.


( http://3.bp.blogspot.com/-q2Rn16YhUfY/TWUjgy_kD1I/AAAAAAAAJvs/gtQJELukCR0/s1600/convite.jpg )

Anônimo disse...

A PEC 300 é uma questão de JUSTIÇA!

Será que só a PF, a PRF, a PCDF, a PMDF e o CBMDF merecem um salário digno? Os servidores da PMERJ e do CBMERJ estão trabalhando praticamente de graça! Pagar um soldo inferior ao salário mínimo vigente aos militares estaduais, além de ilegal, é uma demonstração de falta de respeito com as corporações às quais eles integram.

QUEM É CONTRA A PEC 300, É CONTRA A SEGURANÇA PÚBLICA, É CONTRA A POLÍCIA!

Anônimo disse...

O Rio de Janeiro é o segundo Estado do Brasil em arrecadação e, espantosamente, paga o pior salário do país aos Bombeiros e Policiais Militares. Permanecer com este salário de fome, realmente não dá! UMA VERGONHA PARA O RIO DE JANEIRO!! FORA PINÓQUIO... Há a necessidade de valorização dos Policiais Militares fluminenses, para que eles sejam respeitados em todo o Brasil pela modalidade de policiamento e enfrentamento, porque atualmente eles são motivo de chacota das demais instituições. PMs do Rio recebem 1/3 e em alguns casos 1/4 da remuneração de Policiais Militares de outros Estados. É um absurdo tamanha discrepância!!! Necessitamos melhorar o nível da tropa, que está muito ruim! Precisamos elevar a Auto-Estima do Policial Militar do Rio de Janeiro... É muito difícil compreender como uma instituição tão importante na sociedade, refere-se aos seus integrantes com tanto descaso. O que esperar de uma corporação que não respeita seus integrantes, homens de ponta que "enfrentam a morte e mostram-se fortes no que vier a acontecer"? A insatisfação e o desejo de abandono da profissão aumentam a cada dia...

Anônimo disse...

O salário mínimo foi fixado em R$ 545,00.

1º Sgt recebe um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO;
2º Sgt recebe um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO;
3º Sgt recebe um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO;
Cb PM recebe um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO;
Sd PM recebe um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO.

Anônimo disse...

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - DESVALORIZAÇÃO SEM LIMITE

1º Sgt PM com um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO é o fim da picada! O Subten PM é o próximo...

Anônimo disse...

PEC 300 - CAMINHADA EM COPACABANA AMANHÃ (DOMINGO, 27 FEV 2011)!

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina