PESSOAS QUE ACESSARAM O BLOG:


domingo, 5 de junho de 2011

Bombeiros grevistas fazem novo protesto na Alerj

Segundo a PMERJ, há cerca de mil manifestantes.
Eles alegam que colegas presos estão passando por maus tratos.



Manifestação Bombeiros (Foto: Tahiane Stochero / G1)

Bombeiros grevistas se concentram, na manhã deste domingo (5), nas escadarias da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e fazem um novo protesto por melhores salários e por melhorias nas condições de trabalho no Corpo de Bombeiros. Eles alegam, entretanto, que a manifestação agora é pela libertação dos 439 colegas presos no sábado (4). Os grevistas dizem que eles estão passando por maus tratos.

Alguns manifestantes acamparam no local. Segunda a Polícia Militar, que está no local, há cerca de mil manifestantes. Já a organização do movimento afirma que são 1.500 pessoas.

O líder do protesto, cabo Gilberto Batista, do quartel central do Corpo de Bombeiros, afirmou que os grevistas querem, além da libertação dos colegas, um encontro com o governador do Rio, Sérgio Cabral.

A previsão é de que o grupo siga a pé para a Praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio, na tarde deste domingo.

Transferência de presos
Por volta das 6h deste domingo, três ônibus com soldados do Corpo de Bombeiros deixaram a Corregedoria da Polícia Militar (PM), em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Escoltados por policiais do Batalhão de Choque, os veículos seguiram para uma unidade dos Bombeiros em Charitas, Niterói. Não há informações sobre o número de bombeiros transferidos nesta manhã.

O bombeiros foram presos durante uma ação da PM, após invadirem o Quartel Central da corporação, no Centro do Rio de Janeiro, na noite de sexta-feira (3)

12 comentários:

Anônimo disse...

Prisão dos BMs é um ato de covardia

A intenção do "desgovernador" é desviar a atenção, pois não há justificativa para o segundo Estado mais rico do Brasil pagar o pior salário da categoria no país!

É preciso apoiar o colegas que lutam pela valorização da classe...

Anônimo disse...

Bombeiros grevistas fazem novo protesto na ALERJ

O governador do Rio de Janeiro paga o pior salário da categoria no país!

Entre as reivindicações estão piso salarial líquido no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) e vale-transporte.

Anônimo disse...

O presidente da OAB-RJ, Wadih Damous, avaliou neste domingo (05/06) em entrevista, que as reivindicações salariais dos manifestantes são justas e legítimas. "Eles estão com os salários absolutamente aviltados, prestam um bom serviço e são admirados e benquistos pela população". Os bombeiros tem recebido apoio de toda a população. Eu APÓIO os Bombeiros Militares!

Anônimo disse...

É preciso apoiar os colegas que lutam pela valorização da classe...

Anônimo disse...

Piso salarial deveria ser R$ 2.293,31 para servidor arcar com despesas básicas

O militar estadual precisaria de um piso salarial no valor de R$ 2.293,31 (dois mil, duzentos e noventa e três reais e trinta e um centavos) em junho (referente ao mês de maio), para conseguir arcar com suas despesas básicas, de acordo com dados divulgados pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) nesta sexta-feira (3 de junho).

Amparo legal: Constituição da República Federativa do Brasil, artigo 7º, inciso IV.

Anônimo disse...

Bombeiros do PR, BA, MG e PE ganham o dobro do que os do RJ

Soldados do Corpo de Bombeiros do Paraná, Bahia, Minas Gerais e Pernambuco ganham pelo menos o dobro de salário que seus colegas do Rio de Janeiro, que estão greve para aumentar sua remuneração - R$ 950 para um bombeiro em início de carreira.

A diferença é ainda maior se comparada apenas ao salário dos bombeiros paranaenses (de R$ 2.428,39 para soldados recém-formados), 150% mais do que o que ganham os bombeiros fluminenses. Na Bahia, o salário é de R$ 1.948,23, 105% superior ao do Rio, e inclui o soldo mais gratificação e vale-alimentação.

Em Pernambuco, onde os soldados do Corpo de Bombeiros ganham R$ 1.881, as associações de classe querem que os salários subam para pelo menos R$ 2.400, e não para R$ 2.100, como está previsto para julho. Os bombeiros do Estado têm feito caminhadas e assembleias para pedir um aumento maior.

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/926235-bombeiros-do-pr-ba-mg-e-pe-ganham-o-dobro-do-que-os-do-rj.shtml

Anônimo disse...

DIA 10 DE JUNHO , SEXTA-FEIRA , AS 14:00H , TODOS OS PMs, CALÇA JEANS E CAMISA AZUL EM FRENTE A ALERJ.
JUNTOS SMOS FORTES.

Anônimo disse...

O QUE HÁ DE ERRADO EM PEDIR DIGNIDADE?

SALÁRIOS BRUTOS NO BRASIL:

01º - Brasília - R$ 4.129.73
02º - Sergipe – R$ 3.012.00
03º - Goiás – R$ 2.722.00
04º - Mato Grosso do Sul – R$ 2.176.00
05º – São Paulo – R$ 2.170.00
06º – Paraná – R$ 2.128,00 1
07º - Amapá – R$ 2.070.00
08º – Minas Gerais - R$ 2.041.00
09º - Maranhão– R$ 2.037.39
10º – Bahia – inicial - R$ 1.927.00
11º - Alagoas - R$ 1.818.56
12º - Rio Grande do Norte – R$ 1.815.00
13º - Espírito Santo – R$ 1.801.14
14º - Mato Grosso – R$ 1.779.00
15º - Santa Catarina – R$ 1.600.00
16º - Tocantins – R$ 1.572.00
17º - Amazonas – R$ 1.546.00
18º - Ceará – R$ 1.529,00
19º - Roraima – R$ 1.526.91
20º - Piauí – R$ 1.372.00
21º - Pernambuco – R$ 1.331.00
22º - Acre – R$ 1.299.81
23º - Paraíba – R$ 1.297.88
24º - Rondônia – R$ 1.251.00
25º - Pará – R$ 1.215,00
26º - Rio Grande do Sul – R$ 1.172.00
27º - Rio de Janeiro - R$ 1.031,38 (SEM VALE TRANSPORTE)

O RIO DE JANEIRO É O ESTADO QUE MAIS RECEBE INVESTIMENTOS NO BRASIL, E O 2º QUE MAIS ARRECADA IMPOSTOS. PRETENDE, REPETINDO, PRETENDE SEDEAR O ROCK IN RIO, OLÍMPIADAS MILITARES, COPA DO MUNDO (2014) E OLIMPÍADA (2016).
HÁ ALGO DE ERRADO E PODRE NO REINADO DO DITADOR,
EXMO. SR. GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL FILHO.

Tania disse...

O que está por trás dos bombeiros.



Nos últimos meses venho acompanhando as manifestações que alguns bombeiros vem realizando em frente a assembléia legislativa, ali na rua 1° de março. Confesso que estive presente nas duas primeiras manifestações deste ano, mas não mais retornei. Ficava ali, parado e assistindo cinco ou seis bombeiros e PMS disputarem o microfone, tomando minutos repetitivos que pareciam nunca terminar. Cada um querendo aparecer mais que outro. Eram sempre os mesmos. Normalmente, do lado dos bombeiros, era gente que tinha seus próprios vínculos políticos com deputados e vereadores. Infelizmente gente que verdadeiramente poucas horas de trabalho dedicou ao CBMERJ.

Tempos depois, li no jornal que seis ou sete bombeiros haviam sido presos por incitar greve. Ao ver cada nome, lembrava dos panfletos que recebi em época de eleição e me perguntava, se uma instituição centenária merecia ser usada para alavancar a carreira de meia-dúzia.
Gostaria que todos vocês ao lerem os nomes dos lideres desse movimento, fossem até o Google e checassem quais não foram candidatos nas ultimas eleições.

Os três principais lideres são:

Capitão alexandre Marchesini (Candidato a deputado pelo PR)
Capitão Lauro botto (candidato a deputado pelo PV)
Cabo Benevenuto (candidato a deputado pelo PRTB)

E os dois principais PMs que discursam sempre são:

Coronel Paul (Candidato pelo DEM)
Cabo Gurgel (candidato pelo PTB)

Será que não está óbvio que essa gente quer uma melhoria pra elas próprias?

O CB Benevenuto, por exemplo, passou os últimos 4 anos lotado em um gab de deputado e depois saiu candidato.
O Capitão Marchesini, foi candidato pelo partido do Garotinho. Por que ele não cobrou do Garotinho este aumento na época que ele era governador?

Acordem. Esse pessoal nunca foi bombeiro de verdade. Todos os que ali estão só querem usar a corporação como trampolim político. Já vi vários deputados bombeiros serem eleitos e a coisa só mudou para eles.
Quando fiz minha escolha por um serviço publico, eu sabia que o salário era baixo, mas decidi ingressar pela estabilidade. Foi uma escolha minha, troquei o salário mais alto da iniciativa privada, pela estabilidade de um emprego publico. Não vou agora me vitimizar por minha própria escolha. Isso seria safadeza.

Vejo até crianças sendo levadas aos protestos. Ora, pra que alguém vai levar crianças para uma manifestação? Só se for pra servir de escudo humano, não há outra justificativa. Isso é atitude de oportunista covarde.

Óbvio que bombeiro ganha pouco. Assim como todo funcionalismo e é uma situação que ouço desde que me conheço por gente.

Vamos melhorar sim, mas não com essa turma que aí está.

GRATIFICAÇÃO NÃO ! ! ! disse...

O NOVO CMT GERAL DO CBMERJ FALOU AGORA A TARDE NO PROGRAMA DA CIDINHA, E DISSE QUE VAI SOLICITAR QUE A GRATIFICAÇÃO DE R$350,00 SEJA ESTENDIDA A TODOS OS BOMBEIROS. CARO CEL SIMÕES, JÁ FICOU CLARO PARA TODOS QUE NÃO QUEREMOS GRATIFICAÇÕES E SIM AUMENTO REAL DE SALÁRIO, PORQUE DINHEIRO TEM, POIS TODOS OS MESES ATÉ O FINAL DE 2014 ENTRARÃO 500 NOVOS PMs. FAÇA-NOS UM FAVOR DIVULGUE PUBLICAMENTE QUANTO QUE O SENHOR RECEBE PARA SER CMT GERAL, E DEPOIS NOS DIGA SE É OU NÃO É UMA AFRONTA ESSA DISPARIDADE. E DIGO MAIS, O SENHOR NÃO RECEBE MENOS DE R$20.000,00, E CREMOS TAMBÉM QUE ESSE BOM SALÁRIO QUE OS CMTs RECEBEM SEMPRE FOI PARA SEGURAREM A TROPA, MAS SÓ QUE ISSO JÁ FOI LONGE DEMAIS E NÓS QUEREMOS AUMENTO REAL DE SALÁRIO. CHEGA DE MENTIRAS!!!

Anônimo disse...

O Comandante-Geral da PMERJ deverá atentar para a necessidade da REDUÇÃO DO INTERSTÍCIO para as promoções de Terceiro-Sargentos PM concursados (concludentes do CFS) à graduação de Segundo-Sargento PM e às graduações subsequentes, em conformidade com o DECRETO Nº 39.109, DE 04 DE ABRIL DE 2006, situação amparada pelo princípio constitucional da isonomia.

Se não beneficiarmos os bons PMs, a tropa ficará nivelada por baixo. Incentivar o estudo na corporação, investindo em concursos internos e valorizando os Sargentos concursados, é uma medida fundamental para melhorar a qualidade do serviço policial militar.

O PLANO DE CARREIRA NO RIO DE JANEIRO É INJUSTO. As Promoções de Praças por Tempo de Serviço, para serem justas, deveriam considerar o TEMPO NA GRADUAÇÃO, pois assim elas beneficiariam também os PMs promovidos por bravura ou por concurso interno.

Anônimo disse...

Piso deveria ser R$ 2.293,31 para servidor arcar com despesas básicas

O militar estadual precisaria de um piso salarial no valor de R$ 2.293,31 (dois mil, duzentos e noventa e três reais e trinta e um centavos) em junho/2011 (referente ao mês de maio), para conseguir arcar com suas despesas básicas, de acordo com dados divulgados pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) no dia 3 de junho de 2011.

Amparo legal: Constituição da República Federativa do Brasil, inciso IV do artigo 7º.

http://www.dieese.org.br/rel/rac/salminMenu09-05.xml

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina